Análise ao Relatório do Sr. ROC (Camarada ex-membro do Comité Central) do Município - Contas - Exercício de 2014

Salientámos, após averiguar o percurso do Sr. Luis Guerra Marques, R.O.C. do Município de Avis, que a nomeação do mesmo – com uma avença exorbitante em função do volume de trabalho a efectuar e, especialmente, da qualidade do mesmo, como veremos adiante – fora motivada, exclusivamente, por afinidade politica e, não, como seria suposto, por critério de interesse público.

Sabendo nós – como está provado à saciedade – que as contas do Município estão plenas de ilegalidades e irregularidades, um R.O.C. com postura profissional teria evidenciado estes factos e promovido a sua correcção.

No entanto, o Sr. Luis Guerra Marques, R.O.C. do Município de Avis, contornou as questões sensíveis e somente, colocou reservas e enfases (chamadas de atenção) em questões de reduzida importância na posição financeira do Município e da regularidade das suas contas.

Em anexo, vamos apresentar alguns exemplos evidentes da “perfomance” do Sr. R.O.C, tendo como base o seu próprio relatório. Sem pretensões de exaustividade, obviámos comentários sobre alguns assuntos (contas referentes ao Estado, CEVC e outros). Todavia julgamos que os pontos apresentados são esclarecedores.

Nota: Não se pode minimizar a rábula da última sessão da Assembleia Municipal, suspensa, por alegadamente, o Sr. ROC não ter enviado o seu parecer.

  

O membro da Assembleia Municipal de Avis

 

Luis Filipe Rosinha Garcia

 

 

 

AnaliseRelatorioROC.docx (821,04 kb)

Abonos/Remunerações dos Eleitos Locais

Por vezes transparece no eleitorado uma concepção pouco estruturada sobre os vencimentos e remunerações dos vários eleitos nas autarquias locais. É necessário informar e tornar públicos os montantes legais, por uma questão de transparência e prestação de todos os esclarecimentos sobre esta matéria. Esta pedagogia da transparência é a melhor forma de credibilizar a ação política.

O quadro que se segue reflecte o caso específico do Município de Avis, a partir dos elementos fornecidos pelo site Portal Autárquico. Nos rectângulos azuis estão traduzidos os abonos/remunerações dos eleitos da CDU e nos rectângulos verdes estão os abonos recebidos pelos eleitos do PS.

Estes são dados úteis e relevantes para quem pretenda estar melhor informado sobre a remuneração dos eleitos locais.

O Documento com todos os valores e explicações pode ser encontrado clicando no seguinte link:

 

Abonoseleitoslocais.pdf (161,69 kb)

Análise ás contas do Município - Exercício de 2014 (detalhe em ficheiro anexo)

 

Cientes da nossa responsabilidade e missão, solicitámos, atempadamente (dia 1 de Abril), um conjunto de documentos e esclarecimentos para permitir uma avaliação mais precisa da situação financeira do Município. Não recebemos resposta cabal, até ao momento da redacção da presente declaração.

No entanto, os elementos ao nosso dispor, o histórico (as inenarráveis contas de 2013), o perfil do Sr. R.O.C., a opacidade e a ausência de esclarecimento (por inépcia ou por má vontade, não podemos determinar em que grau), permitem-nos as seguintes conclusões:

 - As contas apresentadas não merecem credibilidade;

 - Somente a colocação à disposição para consulta dos documentos, sem restrições, ou a realização de uma auditoria externa efectuada por entidade idónea, facultariam o conhecimento exacto da situação financeira do Município.

 

 

DeclaracaovotoAMdeAbril2015contas.docx (1,46 mb)